quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Exames médicos - A odisseia brasiliense

Nossa odisseia para a realização dos exames médicos começou no domingo às 23h55, quando pegamos um ônibus pra Brasília. Depois de 6 horas pescando, sem conseguir dormir, chegamos à rodoferroviária de Brasília. A LiliX e meu pai já haviam dito que a rodoferroviária de Brasília não era lá aquelas coisas, mas mesmo assim levamos um susto quando chegamos lá. Que me desculpem os brasilienses, mas como uma cidade como Brasília tem uma rodoferroviária (e uma rodoviária) naquelas condições? Mal chegamos, fomos direto ao guichê pra comprarmos as passagens de volta. Como a secretária do médico havia nos dito por telefone que seríamos liberados por volta das 18h (nossa consulta seria às 9h30), pedimos ao atendente uma passagem para depois desse horário. Primeira surpresa agradável: ônibus para Uberlândia só às 23h55... nessa hora já vimos que teríamos que arrumar alguma coisa pra passar o tempo...

Até um dia antes de viajarmos tínhamos planejado pegar um táxi para chegar ao consultório do médico, mas aí veio a preciosa dica do meu pai, que disse quais ônibus a gente deveria pegar em Brasília pra irmos da rodoferroviária à rodoviária e da rodoviária ao consultório do médico (a gente morou em Cristalina - GO até os meus 7 anos de idade, e meu pai ia muito a Brasília a trabalho, por isso sabe bem andar por lá). Dica dada, pegamos um busão pra rodoviária, com planos de passarmos a manhã no Conjunto Nacional... acontece que os dois lesados aqui se esqueceram de um pequeno detalhe: nenhum shopping abre às 6h30 da manhã (hora em que chegamos à rodoviária). "O que que a gente vai fazer agora até 9h30??" Fomos andar pela Esplanada dos Ministérios, como dois bons turistas... Deu 7h30 e a gente já tinha andado bastante, os dois cansados da viagem... daí resolvemos já pegar o ônibus pro consultório do médico... "lá a gente arruma alguma coisa pra fazer...". Chegando lá, ficamos na sala de espera de um laboratório de exames assistindo à TV até a secretária chegar às 9h30 (espera nº 1). A secretária nos entregou os papéis pra fazermos os exames laboratoriais e o raio-x, nos ensinou como chegar ao laboratório e ao centro radiológico (ali perto) e disse que fizéssemos as coisas sem pressa, "façam os exames laboratoriais, vão tomar um café da manhã e depois vocês vão fazer os raio-x". Assim fizemos, mas a coisa toda levou mais tempo que imaginávamos e a falta de pressa recomendada quase nos atrasou, porque tínhamos que estar de volta ao consultório para a consulta com o médico às 11h30, e já eram 11h45 e nós ainda não tínhamos sido chamados para fazer o raio-x - estávamos lá desde as 10h30 (espera nº 2).

Era meio-dia quando eu finalmente saí da sala de raio-x, mas o Wal ainda não tinha sido chamado, então corri de volta pro consultório, porque a secretária tinha dito que o médico não ficaria lá durante muito tempo. A sorte é que tinha um rapaz pra ser atendido antes da gente (ele também estava fazendo os exames pro visto de residência permanente pro Canadá), então o Wal conseguiu chegar bem na hora de sermos chamados pra consulta. Consulta feita (achamos o médico muito sério... parece que ele estava ali só pra realizar um procedimento), a secretária disse que voltássemos por volta das 15h30, que ela tentaria agilizar os resultados dos exames laboratoriais e que deveríamos ir buscar os raio-x. Já eram 13h quando voltamos ao centro radiológico pra buscar os resultados, que não estavam prontos (nos disseram que eles ficariam prontos dentro de meia hora)... Então pegamos outro ônibus pra irmos almoçar no Pátio Brasil, o shopping mais próximo de lá indicado pela secretária. Almoçamos, demos uns rolês... às 15h pegamos o ônibus de volta. Passamos no centro radiológico, pegamos os raio-x, tudo certo, fomos pro consultório. Surpresa agradável nº 2: a secretária não estava lá e foi chegar somente às 16h30 (espera nº 3 - na sala de espera do laboratório de exames onde tinha a tv). Surpresa agradável nº 3: os exames laboratoriais ainda não estavam prontos... fritando os ovos, fomos liberados às 17h30. Pegamos mais um ônibus de volta pra rodoviária pra irmos pro Conjunto Nacional tomar um chopp pra comemorar... lá ficamos até as 19h30, quando inocentemente decidimos já ir pra rodoferroviária. Mas não tinha nenhuma revistaria na rodoferroviária, não tinha como ficar lá sem ter o que fazer durante 5 horas... Ficamos lá durante meia hora e resolvemos voltar pra trás, pro Conjunto Nacional... mais um ônibus. Mortos de cansaço, já quase dormindo em pé, ficamos na praça de alimentação até 21h40... "agora já dá pra gente voltar pra rodoferroviária". Chegamos lá em torno das 22h, ou seja, ainda tínhamos quase 2 horas de espera pela frente (perdi a conta das esperas). Quando o nosso ônibus chegou, fomos os primeiros a entrar e se jogar na poltrona, tendo a certeza de que desta vez a gente conseguiria dormir. Chegamos a Uberlândia às 5h45 da manhã, loooucos por um bom banho (pergunta se a gente tomou banho em Brasília...) e por uma cama.


SALDO DA VIAGEM:

- 8 ônibus dentro de Brasília
- Dois pares de pés inchados
- 1 bolha em um pé inchado
- 30 horas sem tomar banho
- Algumas fotos na Esplanada dos Ministérios
- A oportunidade de comer 1 whopper com onion rings (o favorito do Wal)
- 1 pulga atrás da orelha (por que Brasília tem tantos símbolos arquitetônicos e uma rodoferroviária e uma rodoviária lastimáveis?)
- Exames médicos concluídos
- 2 vistos de residência permanente a caminho!!!

B.

6 comentários:

LiliX disse...

Nao quero ser chata mais jah sendo....eu levanto a plaquinha escrita...EU NUM DISSE?
hahahahhahahaha
Eu num disse que aqui tudo era longe???
Eu num disse q a rodoferroviaria eh bizarramente caída??

hahahahhaha eh colegas....Brasilia soh presta se vc tiver um belo emprego publico e um carrao.

Fernanda disse...

Que trabalheira, hein? Mas agora é só alegria! Logos os exames chegam em Trinidad e Tobago e o Consulado pede para vcs enviarem os passaportes! Ah, recebi o meu pedido de exames médicos hj!!!! Amanhã mesmo ligarei para marcar a consulta!

Abraços

Fernanda

Chris disse...

Uau!!!
Qua aventura!!! Mas é bom para vcs irem treinando a espera para quando chegarem por aqui, rsrsrsrs.
Parabéns pelos exames.
abc

Eleonora disse...

Vc esqueceu de dizer que sua sogra ligou as oito da manhã. rsrsrsr

Aninha & Lior disse...

Olá casal,
Puxa...que dia hein..??
Mas o mais importante é que deu tudo certo!
Algum dia ainda vamos dar risada dessa odisséia...
A nossa foi fichinha em comparação a de vocês.
Bjos e aproveitem o momento!!!
Aninha e Lior

Ismael Oliveira disse...

Hahahaha....ótima odisséia essa a de vcs hein?!?!?!?

Caracasss.....em relaçao a essa rodoviária daqui de brasilia....tinha que jogar era uma bomba nela inteira....é incrivel o descaso....acho que o governador pensa q a todo mundo tem grana pra viajar de aviao aqui...pq o aeroporto é mais um shopping do q aeroporto...

Mas que bom q conseguiram fazer todos os exames a tempo....o negócio é esperar...mais um tikinho q nem eu...estamos quase na pontinha galeraa....

Abraços!!